Associação Cultural, Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Cone leste Paulista


Projeto iniciado em: 2007 - Restaurado em 2010 - Todos os direitos reservados
Página do Projeto Social "Formiguinhas do Vale" uma O.S.C.I.P. sem fins lucrativos
Protocolizado sob o nº. 27.616 em 04/12/2009 e registrado em micro-filme sob o nº. 18.112 em 15/12/2009 - 1º Cartório Registro SJC

Produzido por Webmaster JFB © 2010 Todos os direitos reservados. All rights reserved

Festas e Tradições no Cone Leste

Voltar Biblioteca
Fora a parte tradicional das festas existem também no Sudeste Brasileiro outras manifestações não religiosas, que merecem destaque.
Assim, merece destaque o Carnaval do Rio de Janeiro, considerado um dos maiores eventos mundiais e a queima de fogos realizada mo réveillon todos os anos na orla da praia de Copacabana.
No Estado de São Paulo destaca-se o Festival de Inverno de Campos do Jordão, considerado um dos maiores eventos musicais clássicos das Américas; as festas do Peão de Boiadeiro da cidade de Barretos, no interior deste mesmo Estado e, o carnaval paulista (capital), que vem merecendo grande destaque da mídia internacional e que tem vindo numa evolução técnica muito apreciável, tanto em forma como em conteúdo, já levando todos os anos ao Sambódromo, milhares de turistas nacionais e estrangeiros.
 
No estado de Minas Gerais, merece destaque a festa de 12 de Outubro, na cidade de Ouro Preto, tradicional comemoração organizada pelas repúblicas estudantis da cidade, que hospedam turistas de todo o Brasil e do Mundo.
 
A culinária na Região Sudeste Brasileira guarda forte influência dos povos indígenas, dos negros escravizados e dos diversos povos imigrantes europeus e asiáticos.
Na cidade de São Paulo, por exemplo, é difícil se definir um prato típico. São Paulo pode-se considerar a Capital brasileira da gastronomia. Ali encontramos todo o tipo de cozinha mundial, aliado a todo o tipo de cozinha nacional. Restaurantes de todos os tipos e nacionalidades, Cantinas, Churrascarias, Pizzarias, Lanchonetes, enfim, quer comer bem e com todas as opções culinárias, conheça São Paulo. Aqui convive harmoniosamente a pizza, o sushi, o churrasco e a carne-seca com abóbora e o tutu à mineira.
 
No interior do Estado de São Paulo, a tradição se faz mais presente ainda; além da comida caipira da roça, da cachaça de alambique presente em quase todo o Estado, e da Lingüiça de Bragança, especialidade da cidade Paulista de Bragança Paulista, na culinária caiçara do seu Litoral Norte merece grande destaque, o azulão., prato típico (caldeirada) feito com diversas qualidades de peixe e banana nanica verde.
 
No Rio de Janeiro, merecem destaque a Feijoada.  Frango com Quiabo, Tutu de feijão e o Feijão-Tropeiro, são destaques do cardápio mineiro, sempre acompanhados com torresmo, couve e angu (farinha de milho cozida com temperos). Não podemos também deixar de destacar na culinária mineira seus doces caseiros e o famoso pão de queijo. A moqueca capixaba, prato típico e obrigatório do Litoral do Estado do Espírito Santo, ao contrário da cozinha baiana, não leva leite de coco nem azeite-de-dendê. É um refogado (caldeirada) de peixe em postas, camarão, lagosta, siri ou marisco, temperado com bastante coentro (a gosto), cebola, alho, tomates, pimenta (a gosto), limão, azeite de oliva e colorau (urucum). Acompanha este prato Arroz branco e pirão, feito com farinha de mandioca e o caldo do peixe).
Festas - Tradições e Gastronomia

 

O Sudeste Brasileiro é rico em festejos, festas, eventos culturais e sobretudo em tradição. Primeiro a influência católica pregada pelos jesuítas na catequização indígena e na formação das cidades, que por motivos políticos e de firmação de posse, se iniciavam com a construção de uma igreja. Posteriormente, a Europeização da elite política e social dos tempos da monarquia ao que, depois vieram a se agregar outras culturas, como a Italiana, a Japonesa, entre outras.

 
Entre as festas tradicionais e que fazem parte do calendário festivo se destacam as festas pagãs, como a Congada (que lembra a coroação dos reis do Congo), um folguedo herdado dos tempos dos escravos negros; a Cavalhada, o Bumba-meu-boi e o Jongo. Nas festas cristãs se destaca a Festa do Divino, a Páscoa e as dos Santos Padroeiros, que variam, de acordo com o santo e a tradição de cada cidade.