A reciclagem é termo genericamente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados, como matéria prima para a produção de um novo produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas das quais não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como aterramento (Aterros Sanitários) ou incineração.

 
O
conceito de reciclagem
serve apenas para os materiais que podem voltar ao estado original e ser transformado novamente em um produto igual em todas as suas características. O conceito
RECICLAR
é diferente do conceito
REUTILIZAR
.

 
O reaproveitamento ou reutilização consiste em transformar um determinado material já beneficiado em outro. Um exemplo claro da diferença entre os dois conceitos, é o reaproveitamento do papel. O papel chamado de reciclado não é nada parecido com aquele industrializado pela primeira vez. Este novo papel (reciclado) tem cor e gramaturas diferentes. Isto se dá devido à não possibilidade de retornar o material utilizado ao seu estado original e sim transformá-lo em uma massa que ao final do processo resulta em um novo material, mas, com características diferentes.
 
Outro exemplo é o vidro. Mesmo que seja "derretido", nunca irá ser feito outro com as mesmas características tais como cor e dureza, pois na primeira vez em que foi fabricado, utilizou-se de uma mistura formulada a partir da areia.
 
Já uma lata de alumínio, por exemplo, pode ser derretida de novo e voltará ao estado normal, com todas as características físicas e químicas do metal inicial.
 
A palavra reciclagem difundiu-se ma mídia a partir do final da década de 1980, quando se constatou que as fontes de petróleo e de outras matérias primas não renováveis, estavam se esgotando rapidamente, e que havia falta de espaço para a deposição do lixo e de outros dejetos, na natureza. A expressão vem do Inglês "
recycle
" (
re= repetir + cycle = ciclo),
então traduzindo-se é "r
epetir o ciclo
".
 
Materiais que podem ser reciclados:
Papel e papelão, embalagens longa vida, garrafas de refrigerantes (PET), latas de alumínio, vários tipos de metais, como cobre, aço, chumbo, latão, zinco, entre outros, plásticos em geral, pneus, tinta, restos da construção civil (entulhos), restos de alimentos e partes dos mesmos não aproveitadas, óleos, galhadas, garrafas de vidro, tecido, parafusos.

 
Materiais não recicláveis:
Lâmpadas fluorescentes, alguns tipos de pilhas, espelho, cristal, papel carbono ou papel químico, papéis metalizados ou plastificados e isopor.

Associação Cultural, Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Cone leste Paulista


Projeto iniciado em: 2007 - Restaurado em 2010 - Todos os direitos reservados
Página do Projeto Social "Formiguinhas do Vale" uma O.S.C.I.P. sem fins lucrativos
Protocolizado sob o nº. 27.616 em 04/12/2009 e registrado em micro-filme sob o nº. 18.112 em 15/12/2009 - 1º Cartório Registro SJC

Produzido por Webmaster JFB © 2010 Todos os direitos reservados. All rights reserved

O que pode ser reciclado?

Voltar Biblioteca
cap10-4